Defensoria Pública disponibiliza novos meios para recebimento de donativos às vítimas das enchentes no Acre

 Por Kristel Noriega

 

Diante da situação de enchentes simultâneas atingindo 10 municípios, surto de dengue, aumento do número dos casos de covid-19 e crise migratória, a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) reforçou a campanha Defensoria Solidária, desencadeada no começo do mês de fevereiro para arrecadar, na ocasião, donativos para pessoas atingidas pela cheia repentina do igarapé São Francisco. Agora o objetivo é contribuir para minimizar o impacto das enchentes e destas enfermidades sobre a vida de milhares de famílias.

 

“Estamos nos mobilizando de forma a garantir mais recursos para ajudar o máximo de pessoas neste momento tão difícil que o Acre enfrenta. A ideia é minimizar o impacto sobre a vida de quem perdeu tudo com a alagação e quanto mais nos unirmos melhor. O estado precisa da ajuda de muitos agora", explicou a defensora-geral do Estado, Simone Jaques de Azambuja Santiago.

 

A ação é uma iniciativa DPE/AC em parceria com a Associação de Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Acre (Adpacre), que disponibilizou uma conta bancária para receber doações em dinheiro, e Conselho Nacional de Ouvidorias das Defensorias Públicas

 

“Em espírito solidário, a ADPACRE soma esforços à Defensoria Pública e convida defensores e defensoras públicos, amigos, membros da sociedade civil e pessoas jurídicas para participarem desta campanha tão importante. Certamente muitas pessoas e famílias serão ajudadas a partir de nossa união”, enfatiza o defensor público Rafael Figueiredo, presidente da Adpacre.

 

 

A ouvidora-geral da DPE/AC e presidente do Conselho Nacional de Ouvidorias das Defensorias Públicas, Solene Costa, disse que “os ouvidores e ouvidoras se solidarizaram com a situação de pandemia, crise migratória e alagações enfrentadas pelo estado. Reiteramos o apoio para contribuir na ajuda humanitária em favor dos irmãos e irmãs acreanos”.

 

A campanha conta também com o apoio solidário da Defensoria Pública de Rondônia (DPE/RO). “Somos um estado coirmão e estamos acompanhando a situação grave na qual o Acre se encontra. Nos colocamos à inteira disposição para ajudar as pessoas que se encontram neste momento em situação de vulnerabilidade”, ressaltou o defensor público geral da DPE/RO, Hans Lucas Immich.

 

Nesta segunda-feira, 22, o rio Acre em Rio Branco; rio Juruá em Cruzeiro do Sul; rio Tarauacá em Tarauacá; rio Envira em Feijó e rio Purus em Santa Rosa deram sinal de vazante. Os municípios de Jordão, Porto Walter, Mâncio Lima e Rodrigues Alves não possuem medição por régua, mas os rios também baixaram nestes locais, conforme relatório da Coordenação Estadual de Defesa Civil (Cepdec). A previsão para os próximos dias é de chuva em todo o estado, segundo a Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam).

Como doar:

As doações para a campanha podem ser realizadas por meio de transferência ou depósito bancário na conta da Adpacre (Agência: 3022-8/ Conta: 25.093-7) ou Pix: 84.330.604/0001-96. E no setor de Humanização da DPE/AC (Sala 104), na sede da Defensoria Pública do Estado do Acre: Rua Antônio da Rocha Viana nº3057. 

Quem somos

O Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege) congrega Defensores-Gerais de todos os Estados do Brasil, do Distrito Federal, além de representantes de associações nacionais de Defensores Públicos.
SIA Sul Trecho 17, Rua 07, Lote 45, 3º Andar, Sala 301, Bairro Zona Industrial, Cidade Guará, Brasília/DF
(61) 2196-4457
presidencia@condege.org.br

Assessoria

Gabinete da Presidência
E-mail:  presidencia@condege.org.br
Telefones: (61) 2196-4457
Whatsapp: (61) 98349-5546

Assessoria de Comunicação
E-mail: comunicacao@defensoria.df.gov.br
Telefone: (61) 2196-4323 | 2196-4324
Celular: (61) 99828-6632

 

Newsletter

Assine para receber nossas últimas novidades!