Notícias

Comunicação pacificadora é tema da 2ª live da Semana da Defensoria. Vídeo está disponível no canal da DPMG no Youtube

Por Assessoria de Comunicação em 18 de Maio de 2021

Não existe um caminho para a paz. A paz é o caminho”.  O pensamento do líder pacifista indiano Mahatma Gandhi, citado pelo juiz de Direito do TJMG, Haroldo Dutra Dias, ilustra bem a palestra “Comunicação Não Violenta”, proferida pelo magistrado nesta terça (18/5), durante as atividades promovidas pela Defensoria mineira em celebração à Semana da Defensoria Pública.

Ao abrir o evento e apresentar o palestrante, a defensora pública Francis Coutinho, coordenadora do Projeto Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar (Mesc) “Paz em Ação”, salientou a importância do tema, que “é caro à Defensoria Pública e à Justiça”.

“Cada vez mais, é necessário atentar ao sentimento e à escuta do outro e deixar de lado nossas crenças limitantes. E, nesses tempos de pandemia principalmente, os conflitos devem ser trabalhados sob os pilares da tolerância e da empatia”, observou Francis Coutinho.

Defensora pública Francis Coutinho e o juiz Haroldo Dutra Dias, que é coordenador
Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejus) de Contagem

Comunicação pacificadora

Haroldo Dutra Dias falou sobre comunicação pacificadora. Destacou que a violência é um mal, uma erva daninha que pode acometer qualquer pessoa. Segundo ele, a violência é a primeira ferramenta que dispomos ao ter um problema e, apesar de seu uso ter impacto e gerar a impressão de solucionar o conflito, na maioria das vezes agrava o problema a médio e a longo prazo, e pode deixar efeitos devastadores.

“A violência atua somente na superfície, não atua nas relações sociais e na solução dos conflitos”, afirmou.

O magistrado explicou que a comunicação pacificadora não é aquela que evita o conflito, mas sim o encara nas suas raízes. “O conflito precisa ser visto e diagnosticado. Comunicar de forma pacificadora é estar comprometido com a solução construída. Isso traz responsabilidade social e pacificação social”, destacou Haroldo.

Ele ressaltou que a paz é, sobretudo, um instrumento de solução de conflitos e se alimenta da justiça, no sentido de equidade.

Conversando com o público que o assistia, Haroldo Dutra falou ainda sobre alguns princípios básicos que devem ser buscados para uma comunicação voltada para a pacificação e a solução de conflitos.

A palestra está disponível no canal da Defensoria Pública no YouTube. Para assistir, clique aqui.

Semana da Defensoria

A programação da Semana da Defensoria continua até a sexta-feira (21/5).

Nesta quarta-feira (19/5), data em que se comemora o Dia Nacional da Defensoria Pública, serão duas lives.

Às 10 horas, a jornalista Larissa Carvalho, repórter da Rede Globo e palestrante, vai falar sobre maternidade, superações de frustrações e organização da rotina familiar.

Às 19 horas, a live será com o Padre Fábio de Melo, que vai abordar “Motivação e superação em tempos difíceis”.  Natural de Formiga, no Centro-Oeste de Minas Gerais, Padre Fábio de Melo é sacerdote católico, palestrante, cantor, compositor, poeta, escritor, professor e apresentador. Atualmente atua na Diocese de Taubaté em São Paulo.

As lives são abertas para o público em geral. Basta acessar o canal da DPMG no YouTube (www.youtube.com/c/defensoriamineira).

Para ver a programação completa da Semana da Defensoria Pública, clique aqui.

Alessandra Amaral – Jornalista DPMG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.